Wizdom: “Este álbum é uma força auxiliar para todos”

Wizdom: “Este álbum é uma força auxiliar para todos”

Like
85
0
Terça-feira, 25 Setembro 2018
Noticias
Gostou? Partilha com amigos

“Motivos” é o título da primeira obra discográfica oficial a solo, de Wizdom Guetta, um rapper e compositor angolano, residente em Luanda. Este projecto de 13 faixas musicais, com uma pequena variedade de estilos, todavia sustentado maioritariamente por Rap, foi produzido na íntegra pela Stage Record Entertainment, que convidou Jerkiller, Budissa, e o Grupo de Rap KNB para participarem das faixas, e têm o selo da referida produtora, criada pelo Guetta em consórsio com outro rapper.

O álbum de estúdio ganhou a denominação honorífica de “Motivos”, porque, segundo o artista, todos vivem por algum motivo, bem como grande parte das músicas foram escritas em forma de Rap experencial da vida.

“Na verdade, todos nós vivemos por algum motivo, só estamos aqui porque temos motivos, e desde que a essência de Deus manda-nos na terra para viver com determinados motivos. Porém, eu como sou um jovem cheio de sonhos, desejos e diversas pretensões, achei por bem fazer uma obra que focasse um pouco mais sobre isso, de modo a fazer as pessoas conhecerem-me mais, visto que o Rap que me caracteriza é mormente relacionado com a minha vida”, explicou.

“Com o projeto, eu venho com uma grande proposta que de crescer como artista em quase todos sentidos, mas desejo, principalmente, obter uma boa abrangência no mercado nacional, do Hip-Hop e não só. Desejo fazer chegar a minha música nos diversos cantos do País, e quiça, além fronteiras”, acrescentou Wizdom Guetta.

Com o projecto disponibilizado dia 20 do corrente mês, somente nas plataformas digitais e redes sociais, o entrevistado da Rádio Sem Anestesia, garante continuar a ser um rapper de intervenção social. “Para o público, a proposta é não deixar de ser interventivo, uma vez que fazendo Rap trago muitas vezes letras que retratam factos que, por sua vez, vão-se tornando grandes influências para os jovens da minha geração. Então, nele [álbum Motivos] vêm grandes e boas coisas”, garantiu.

Leia também:  Músico Nankhova Alves vitima de assalto 

O rapper já fez parte de vários outros projectos oficiais, embora tenham sido de grupos alheios. Mesmo sendo a primeira obra e movida pela graça de Deus, está a ter uma aceitação aplausível do público -, para os próximos tempos, Wizdom deseja ver-se num espaço melhor, assim como trabalhar com artistas já conhecidos.

“O objectivo por agora é focar-se na divulgação dos trabalhos, de modo a conseguir esse feito. Com o tempo, desejo igualmente ganhar o respeito e o reconhecimento de grandes artistas principalmente aqueles que mais admiro, e por outra, forjar alguns trabalhos artísticos com muitos deles, quer sejam todos rappers quer não”, ovacionou.

Um pouco mais sobre a sua identidade artística:

“Eu sou oficialmente um rapper, mas não deixo de fazer outros estilos porque eu também faço canto e sou mais definido como um artista de Rap e R&B. Na verdade, eu posso escrever de tudo um pouco, tenho muito domínio na composição, pelo que apraz-me bastante explorar a minha preciosa criatividade artística”.

Sua inspiração

“A música é minha própria vida, mas a respeito daquilo que é refletido no dia a dia de muita gente, eu canto para mim e para aqueles que vivem e sentem na pele o mesmo que eu, com base no quotidiano e graças a isso tenho conseguido ser visto como uma boa fonte de inspiração por para aqueles que me ouvem”.


Gostou? Partilha com amigos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.